Imigração: Por que tantas famílias escolhem o Canadá?

O convívio em família é uma das coisas que chama muito a atenção no Canadá. São vários os fatores que contribuem: o clima, o tempo disponível e a forma com que o próprio canadense encara a sua rotina. Alguns grupos podem não se encaixar neste formato, mas boa parte dos imigrantes brasileiros está buscando exatamente isso. É a fuga em massa da vida estressante e solitária dos grandes centros urbanos.

O canadense, em geral, vive para a família. E pelo que tenho percebido, esse é um dos fortes motivos que puxam tantos imigrantes que ostentam uma vida relativamente estável em seu país de origem. Você tem um bom trabalho, uma casa própria confortável, mas pouco tempo para curtir a família e tudo mais que construiu com muito esforço e dedicação. vida no canadá

Vou me concentrar no que vejo em New Brunswick, província que moro desde 2016, mas as coisas não são muito diferentes no resto do país. O Canadá é imenso. São dez províncias e três territórios espalhados e habitados por somente 37,5 milhões de pessoas.

Para vocês terem idéia, só o estado de São Paulo tem 44 milhões, ou seja, é muita terra para pouca gente. E isso contribui para a proximidade e maior cooperação entre as comunidades afastadas, e até para a união familiar.

Uma percepção diferenciada

Temos uma relação com o tempo preciosa por aqui. Esqueça os Estados Unidos, somos – de fato – totalmente diferentes. Não temos hora extra e a caneta cai no ar no momento que o relógio encerra o expediente. Posso falar da minha experiência como alguém que já tem uma vida estabilizada. Você terá muito mais tempo para se dedicar para o que bem entender. E para quem tem filhos a vida muda da água pro vinho. 

Os expedientes profissionais, em sua grande maioria, encerram entre 16 e 17 horas e iniciam a partir das 8h30 da manhã. Mas os canadenses acordam bem antes disso. Ainda não me acostumei com esse madrugadão, tarefa árdua para quem só faz a conexão corpo alma perto das 10 horas da manhã.

O mais difícil quando você muda para cá é ter que desacelerar. Em New Brunswick, em especial, você chega com a idéia de matar um leão por dia e eles se surpreendem se você matar um ratinho. Por isso, economize a sua energia para o que realmente interessa. Foi algo que aprendi com o tempo e muito esforço.

Vejo muito mais casais envolvidos na rotina dos filhos. Até porque 99% opta, por economia e até falta de costume, em  não ter ninguém para ajudar nessa função. O serviço de “babá” é quase sempre feito por estudantes que estão ganhando uns trocados extras ou pelos avós. Sim, estes auxiliam demais na criação dos pequenos. No caso dos imigrantes, só temos a opção de babás esporádicas para eventos pontuais. O resto é na base do Deus nos acuda, ou seja, é necessária muita compreensão mútua e paciência. 

 Saiba o que você realmente quer

Vida no CanadáE como é viver num país diferente sem contar com a ajuda de ninguém?  É certamente um exercício infindável de escolhas.
A rotina em qualquer lugar tem seu preço. Mas quando se tem qualidade de vida é tudo bem mais tranquilo.

Já perdi várias festas, comemorações e encontros de amigos por não ter onde deixar meus filhos. Até reuniões profissionais tive que adiar. Mas o lado bom de tudo isso é que o canadense sempre vai entender quando o motivo for familiar. Raramente você será mal interpretado ou irão questioná-lo.

E todo mundo sabe que a vida é feita de momentos, bons e ruins. Privações e escolhas. Eu já vim para o Canadá sabendo que teríamos que passar por isso. E você, está preparado?

1 thought on “Imigração: Por que tantas famílias escolhem o Canadá?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *