Adaptação no Canadá – Dicas de ouro para os recém-chegados com filhos

São filhos, pets, malas e por aí vai. Todo ano é a mesma coisa. Nos meses de agosto e novembro, especialmente, o Canadá recebe um número enorme de brasileiros que iniciam seus projetos de viver aqui através dos estudos, principalmente pelo college. E o primeiro desafio, de fato, é sair da zona de conforto e adaptar os pequenos ao ritmo local.

Desafios existirão sempre. Dos mais simples até as mazelas que farão você questionar se valeu a pena mudar de vida. Mas isso faz parte do pacote. Seja forte.

Super tips

Não vou me estender no assunto, serei prática. Vamos à cinco dicas que vão lhe ajudar a adaptar seus filhos baseada naquilo vejo e vivencio diariamente nestes quase oito anos de Canadá e dois filhos em idade escolar.

Crianças felizes no CanadáConverse com seus filhos sobre as diferenças culturais

Você pode fazer isso desde cedo através de filmes, livros e até músicas. Abuse das criatividade. Isso até vai aguçar a curiosidade deles. Eu, por exemplo, falo muito sobre a cultura dos indígenas canadenses. Meus filhos sempre foram interessados nas festas, cerimônicas e hoje sabem mais do que eu. 

Acima de tudo sempre conversamos sobre a mistura de idiomas que escutam na escola e se orgulham de falar uma língua que ninguém entende por aqui. O assunto é complexo, mas é um ponto que os recém-chegados precisam explorar com as crianças. 

Faça “playdates” sem medo

São os encontros para brincar. E não vale só com os brasileiros. Eu era arroz de festa e topava tudo que aparecia pela frente. Só depois comecei a filtrar os melhores. É uma maneira excelente de conhecer pessoas de diversos países, entre os locais, e integrar seus filhos com outras crianças.

Frequente os centros multiculturais da sua cidade

Tenho falado muito sobre essas instituições sem fins lucrativos, financiadas pelo governo e que existem em prol dos imigrantes. É só ir no google, colocar o nome da sua cidade + Multicultural Centre. Veja mais neste link

Evite comparações

Seus filhos precisam entender que a vida deles agora é aqui. Evite aquele hábito de comparar tudo com o Brasil, o que era melhor principalmente. Em ambos lugares existem pitadas de algo bom e ruim. Mas nesse início vale entender que nem sempre o que é diferente é ruim É tudo uma questão de adaptação.

Não se esconda em guetosImigração e filhos no Canadá

Essa pra mim, é a dica mais importante. Quem se isola em grupos de patriotas vê o tempo passar e as dificuldades só aumentarem. Não cometa esse erro. As raízes são eternas, mas se você decidiu sair da zona de conforto e viver outro país, tem que ser de verdade, 

E me siga no @canadiando_ compartilho muito da minha vida de mãe em terras canadenses. Vocês com certeza terão boas idéias vivenciando as minhas aventuras por aqui. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.