Medicamentos – O que devo levar e o que posso comprar no Canadá.

Se você está se preparando para mudar para o Canadá, certamente já se questionou sobre quais os medicamentos que existem por aqui. Recebo muitas perguntas, principalmente de quem irá viajar com criança e sabe dos imprevistos que sempre ocorrem “far from home.

Sim, você pode trazer remédios para o Canadá, mas não exagere na dose e tenha, sobretudo, a receita médica.
Muito cuidado no caso dos fitoterápicos e chás: saiba se o produto é legal e comercializado aqui. 

Dicas de viagem

O governo orienta que  todos os medicamentos estejam em sua bagagem de mão, assim sendo, saiba que o seu limite de duas malas não se aplica a equipamentos de saúde e remédios, portanto, não vale entupir as duas malas.
Seja ponderado. Você não está indo para um lugar deserto. No Canadá existem, da mesma forma, tratamentos iguais ou melhores. 

Não retire os remédios das caixas, isso facilitará na inspeção alfandegária. Além disso, não junte vários medicamentos em uma embalagem para economizar espaço.

É preciso, acima de tudo, que as embalagens estejam com o rótulo original e fácil identificação, inclusive das substâncias que compõem o produto. 

Medicamentos de uso controlado (com receita)

Se você precisar de remédios de uso controlado (com receita), o governo canadense permite que você entre no país com suprimento para 90 dias de tratamento.
Ele deve ser para você ou alguém que esteja lhe acompanhando. Traga a receita do remédio (em inglês ou francês) e também peça para seu médico um detalhamento por escrito (em inglês ou francês) da necessidade de utilização.

Minha dica: confirme com o seu médico sobre a existência de um genérico do remédio.
Caso o seu medicamento exija o uso de seringas ou agulhas, também traga uma prescrição médica (em inglês ou francês) que detalhe isso.

Você pode entrar no país com Cannabis (maconha) ?

Jamais, nem pense em fazer isso. ❌❌❌
É ilegal trazer “cannabis” para o Canadá, quer seja para uso recreativo ou por indicação médica, mesmo já o consumo sendo – de fato – liberado no país

Marcapasso ou qualquer outro dispositivo médico

Se você usa  marca-passo, bomba de insulina ou outro dispositivo médico, é sobretudo importante avisar o oficial do aeroporto quando entrar na área de triagem (momento que você irá passar a sua mala de mão pelo Raio X).

Além disso, tenha sempre uma prescrição (em inglês ou francês) do seu médico com todas as informações sobre a sua condição. Se houver necessidade de uma verificação extra você pode solicitar ao agente que seja feita numa sala privada. 

Receitas médicas

Qualquer receita ou prescrição médica deve ser em inglês ou francês para sua segurança. Caso tenha só em português, faça a tradução.
Na receita deve constar: nome do paciente, nome do medicamento, instrução de uso, nome e contato do médico e assinatura com data. 

Medicamentos no Canadá

O controle do país no uso de medicamentos é, sobretudo, bem restrito. Você certamente terá que passar por uma consulta para comprar certos remédios.

Este acompanhamento pode ser feito tanto através de um médico de família quanto nas walk-in clinics, que são clínicas privadas que atendem a população em geral, inclusive nos horários não comerciais. 

Aqui você não consegue comprar sem receita (prescription) diversos fármacos como:

– Alguns diabetogênicos
– Corticóides orais
– Antibióticos
– Anticoncepcionais
– Hormônios tireoidianos
– Alguns anti-hipertensivos  

Alguns médicos enviam a receita direto para a farmácia de sua escolha e você só precisa ir lá buscar o medicamento. Quando o uso é crônico, geralmente a primeira prescrição informa a necessidade de refil no período solicitado pelo médico. Desta forma, você não precisa se preocupar em buscar uma nova solicitação do remédio.

O remédio vem lacrado com seu nome, data, validade, nome do médico que receitou e explica como tomar (ou aplicar). Além disso, geralmente o farmacêutico faz questão de lhe orientar pessoalmente como o fármaco funciona e possíveis efeitos colaterais.  

Over the counter

Já entre os remédios que não exigem apresentação de receita médica, chamados de “over the counter”, você encontrará facilmente:

– Analgésicos leves (Tylenol)
– Antiinflamatórios ( Advil, Naproxen e Diclofenaco, entre outros)
– Ranitidina, Omeprazol
– Antiácidos em geral
– Alguns antiheméticos (gravol)
– Inúmeros antialérgicos.

Você poderá comprar vitaminas sem problemas. Produtos baseados em Dipirona Sódica (Novalgina) são proibidos e estão banidos do Canadá.

Clique aqui para acessar a base de dados com todas as drogas autorizadas e comercializadas no país. 

Jamais  fique sem convênio de saúde no Canadá.

Se você não for elegível ao sistema público de saúde, faça um seguro privado. Qualquer exame ou tratamento particular é caro.
Existe uma grande preocupação sobre o uso indiscriminado de antibióticos e opióides. Sobretudo porque a questão da dependência e o comércio clandestino de drogas, de fato, também é uma séria questão.

Quer trazer alguma coisa do Brasil? 
Converse com seu médico e tenha a receita  do que pretende trazer.
É a maneira mais segura de se  justificar em caso de qualquer questionamento por parte dos agentes.

Fonte: Travel Canada

1 thought on “Medicamentos – O que devo levar e o que posso comprar no Canadá.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *