Projeto Canadá – De Salvador para Fredericton: Confira a história desta baiana que vem desbravar a costa Leste

O #projetocanadá da baiana Bárbara Alves, de 27 anos, é a maior prova de que até embarcar para cá, os seus planos podem mudar a todo o momento. Por isso é tão importante pesquisar, trocar idéias e obter o máximo de informações sobre o melhor lugar para iniciar a sua vida no exterior.

Ela já estava  decidida sobre o college que iria cursar em Halifax (NS).  Mas o baixo custo de vida na província de New Brunswick, entre outros aspectos, a fez mudar de idéia. Com a segurança de quem realizou inúmeras “viagens exploratórias” pelo país, e até pela Europa, Bárbara virá direto para a cidade de Fredericton. É um voo solo, sem família e cachorro, só poucas malas e muita coragem pra traçar sua nova história. 

Segundo ela, a única coisa que atrapalha um pouco é ansiedade dos meses que antecedem a partida. Mas isso faz parte do pacote. Sair da zona de conforto não é fácil pra ninguém. E só quem se arrisca colhe frutos. Confira abaixo a nossa conversa. É mais um #projetocanadá que tem tudo pra dar certo em terras canadenses !

Canadiando: Qual é a sua área de atuação no Brasil ? 
Bárbara: 
Sou formada em Economia, estou fazendo faculdade de contabilidade e trabalho com auditoria contábil, como sênior associate.

Canadiando: Quando você chega a Fredericton ? E me conta mais sobre essa mudança de cidade !  
Bárbara: Inicialmente eu havia decidido por Halifax, na província da Nova Scotia. A escolha da cidade era motivada por diversas coisas. Eu conheci Halifax em 2012, quando fui fazer um intercâmbio de três meses. Fui no inverno e fiquei admirada com a beleza e receptividade do local. Em Halifax encontrei o estilo de vida que eu gosto: excelente infraestrutura, pessoas amigáveis, tamanho ideal (porte médio eu diria), sistema de transporte que funciona muito bem, lazer, vida noturna tranquila e aquele clima universitário. Além de tudo, há um escritório da empresa que eu trabalho, o que significa que possibilidades profissionais futuras não podem ser descartadas.
E pra completar existe o programa de imigração da província que me atrai bastante.

No entanto, após muita pesquisa, levando em consideração principalmente o fator custo, cheguei a conclusão que New Brunswick se encaixaria melhor no meu perfil. De início comecei a explorar as cidade de Moncton, Fredericton e Saint John. Descartei Saint Jonhn logo de cara, pois não achava que a cidade tinha a minha cara. Então foquei minhas pesquisas nas outras duas, e para minha surpresa, fiquei encantada com Fredericton, a menor das três cidades. Achei a cidade com uma cara jovem, ativa, e principalmente, com bastante natureza ao redor, sendo o que mais me chamou atenção.

Vou aplicar em Agosto de 2019 para iniciar no ano seguinte, tendo como a primeira opção a NBCC, em Fredericton, e como segunda opção, a NSCC, em Halifax.

Canadiando: Qual o motivo que despertou  em você o projeto Canadá ? 
Bárbara: 
Eu me apaixonei pelo Canadá. O intercâmbio que fiz para Halifax em 2012 foi a minha primeira viagem internacional. Quando voltei prometi pra mim mesma que um dia moraria naquele país. Uma das coisas que mais me encantou foi perceber o quão bem-vindos nós somos no país , a sensação de liberdade de ser quem eu bem quiser e principalmente a segurança. Vejo o canadense como um povo que tem a cabeça mais aberta, que não julga tanto as aparências e tem uma educação invejável.

Tive a oportunidade de morar nos Estados Unidos, conhecer alguns países da Europa, fazer amigos ao redor do mundo, porém, nenhum país foi capaz de mudar o meu desejo e sonho de retornar e morar no Canadá.

Canadiando: Qual é o seu planejamento (vem estudar, trabalhar) ?
Bárbara: Meu plano é de aplicar para um college de Business Administration Accounting, estudar e trabalhar conforme a permissão do visto. Após a finalização do college, gostaria muito de focar na prova do CPA, a fim de me preparar para continuar com a carreira de auditoria externa no país.

Não me importo em dar alguns passos para trás se a minha vida no Canadá me proporcionar mais felicidade e realização pessoal.

Canadiando: O que será mais difícil deixar para trás ?
Bárbara: Sem dúvidas meus pais, amigos, minha cadelinha e a pausa na carreira profissional.

Canadiando: Pelas suas pesquisas, para qual província você não iria ? Qual motivo ?
Bárbara: Eu não iria para Manitoba, devido ao frio, e para British Columbia pelo alto custo de vida.

Canadiando: Qual a sua principal fonte de pesquisa sobre o Canadá  ? 
Bárbara:  Comunidades no Facebook, o site do CIC, grupos de whatsapp, blogs e Instagram.

Canadiando: Você sou o serviço de um consultor ?
Bárbara: 
Usei para um bate-papo inicial, porém, pretendo fazer todo o meu processo sozinha.

Canadiando: Você já veio para cá quantas vezes ? Conhece várias províncias ?
Bárbara: 
Já visitei o Canadá duas vezes. Em 2012 passei 3 meses em Halifax, e em 2016 passei um mês de férias, onde visitei Toronto, Montreal, Quebec e Tobermory,  a cidade mais linda que já vi.

Canadiando: Como você imagina a sua nova vida por aqui ? 
Bárbara: Eu não tenho dúvidas que o começo será desafiador. Conciliar o trabalho em meio expediente com o college será uma batalha. Tenho em mente que precisarei dar alguns passos para trás, recomeçar, trabalhar em empregos mais simples e principalmente, economizar, abrindo mão de um padrão de vida que já havia conquistado no Brasil. Porém, não tenho dúvidas que será recompensador no futuro, principalmente em termos de qualidade de vida.

Canadiando: Qual seu maior medo em emigrar do Brasil ?
Bárbara: Meu maior medo é a adaptação, por isso tenho dedicado muito tempo as pesquisas e principalmente conhecer brasileiros que já morem nessas cidades. Tenho muito medo em escolher um lugar desconhecido e não conseguir me adaptar. Outro medo é não conseguir fazer amizades verdadeiras, pois sei que isso nos ajuda a lidar com a distância e a saudade de casa.

 

Canadiando: Você também cogitou imigrar para outros países, quais ? 
Bárbara: 
Não. Tenho uma amiga que mora na Austrália e trabalha na mesma área que eu. Ela já tentou me convencer a ir para lá, porém sempre sonhei com o Canadá. Resolvi seguir meu coração e ir em busca desse sonho.

Canadiando: Qual seu conselho para quem está iniciando o seu Projeto Canadá ? 
Bárbara:  Pesquise bastante antes de qualquer coisa. Leia, escute as pessoas que já passaram pela trajetória e veja se é isso mesmo que você quer. Depois  é “foco” no sonho. É muito importante ter um planejamento financeiro sólido e realista e controlar a ansiedade para fazer essa mudança da maneira correta e na hora certa. 

O Projeto Canadá visa contar as que conta as histórias dos futuros imigrantes de língua portuguesa que estão planejando o melhor caminho para  
recomeçar a vida na América do Norte. A cada semana uma nova matéria está no ar !      

🎯 Se você pretende vir para o Canadá, está com tudo planejado e quer dividir a sua história e inspirar muitas pessoas com o seu projeto –  mande uma mensagem pela nossa página do Facebook

Porque a odisséia começa bem antes de pisar em terras canadenses. 🍁

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »